domingo, 30 de setembro de 2012

Simples, prático e divertido.
Vai trabalhar na criança a concentração e a cordenação motora, além da motricidade fina.
Tudo isto enquanto se diverte a custo 0...perfeito!

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Manifesto contra as histórias pelo meu querido Eduardo Sá

 
As histórias educam para que duas imaginações que se puxam uma à outra são como um abraço (e isso faz com que percebam que um abraço são dois colos que se dão um ao outro ao mesmo tempo).
As histórias fazem mal às crianças! Porque as educam para a palavra; e isso é mau. Porque, em vez de lhes falarem de médias ou de desvios-padrão, as histórias sensibilizam para ver o mundo e as pessoas, e ensinam a conhecer a vida com inteligência e a bondade. Falam-lhes de bruxas ou de duendes e ajudam-nas a compreender a maldade. E a entender que ela não vem nem de Marte nem do inferno mas de pessoas, em quase tudo, parecidas com o que somos.
As histórias fazem mal às crianças! Porque as ajudam a vislumbrar que elas (as histórias, sim) não se leem nem com a boca nem com os olhos. Mas com a alma, simplesmente. E isso é mau porque faz com que percebam que quem lê interpreta sentimentos e isso torna as crianças muito perigosas. Porque assim, no infantário, elas deixam de ler, unicamente, letras e palavras que mal entendem, repetindo, unicamente (como algumas pessoas generosas, mas insensatas, exigem que elas façam). E torna-as audazes e atentas. E sagazes. Tudo aquilo que quem imagina a escola como um paraíso de crianças sossegadas deseja que não sejam.
As histórias fazem mal às crianças! Porque se elas crescem em torno de personagens sem curriculum, sem nome de família e sem referências e, para mais, de índole duvidosa (como a Carochinha ou o Asterix, o Gato das Botas ou o Tintin, por exemplo) isso é mau. Porque elas também convivem com D. Afonso Henriques, com Humberto Delgado ou com D. Dinis e, de repente, elas não percebem se, também eles, são personagens de histórias de aventuras ou pessoas da família de quem falam sem veneração mas, estranhamente, com orgulho e com ternura.
As histórias fazem mal às crianças! Porque as obrigam a fazer de conta que acreditam nas personagens ou nos enredos, e que tudo se passou, seguramente, e com verdade; e isso é mau. Porque o fazem unicamente para não dececionarem os pais ou outros amigos que lhas contam. E essa bondade, discreta e elegante, é perigosa. Por mais que haja quem garanta, que são as histórias quem, magicamente, torna as crianças mais capazes de... acreditar.
As histórias fazem mal às crianças! Porque lhes dão a luminosidade de escutar e a fantasia e a audácia de imaginar; e isso é mau. Porque lhes permite a arte do encontro e o frenesi de pensar em coro a uma voz. Tudo aquilo que quem as acha, invariavelmente, hiperativas ou distraídas receia que elas sejam.
As histórias fazem mal às crianças! Porque as torna livres e isso é mau. Porque deixam de ser submissas... E podendo ser perseverantes e abnegadas leva a que se movam, sobretudo, pela paixão. E em vez de falarem por murmúrios amigos do pessimismo (que é uma forma urbana de desconfiar do futuro) as histórias dão-lhes a História (que faz com que se chegue, no mesmo instante, ao passado e ao futuro). E esclarecem-nas acerca das façanhas dos avós e as dos pais que lhes dão o orgulho (de serem parte de si) e a humildade (de lhes faltar quase tudo para serem como eles) sem as quais nunca se chega à esperança e ao futuro.
As histórias fazem mal às crianças! Porque as torna escutadoras e isso é mau. Porque em vez de pensarem, unicamente, com a cabeça passam a ouvir com o coração. E ao levá-las da fantasia à palavra fazem com que vistam, de forma simples e transparente, aquilo que sentem ou o que imaginam. E habilita-as - perigosamente - para não guardarem uma emoção que seja só para elas.
As histórias fazem mal às crianças! Porque todas as histórias são de encantamento e isso é mau. Porque mesmo as que falam de monstros ou que lhes tragam calafrios, ou até mesmo aquelas que fazem cócegas nas ideias encantam. Porque as levam a comungar (e só isso é encantar) com sentimentos de que fugimos e com quem os esclarece só para nós. E porque embrulham os medos num enredo e as deixam guiar-se entre eles, pela mão de alguém (que só pode ser carinhoso ou especial), as histórias são perigosas porque tornam as crianças amigas do desconhecido, leais e destemidas. E afoitas, claro.
As histórias fazem mal às crianças! Porque lhe educam o coração e as ligam, sobretudo, a quem as lê e isso é mau. Porque quem lhes conta um conto se acrescenta a si, num ponto. E desvenda-se e aproxima-se e, com isso, enternece. E leva as crianças a ancorar no seu olhar e, partindo dele, a conhecerem-se por dentro. E torna-as mais amigas da beleza e do brincar. E - muito pior... - torna-as mais engenhosas para conhecer. E, dum jeito misterioso, encaminha-as para considerar que sejam elas quais forem todas as histórias parecem ter sido delicadamente, preciosamente, unicamente... escritas para elas.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Ajudar a casa da criança de Tires

A casa da criança de Tires, está a pedir a todos para ajudar nesta campanha:

O Verão está no fim e nós crescemos muito estas férias. Com a mudança de estação e com a escola a começar precisamos de roupas quentinhas e confortáveis para o Inverno que se aproxima.
Com a diminuição das doações pensámos em pedir ajuda! Podemos contar contigo? É muito fácil, basta colocar 1€ no nosso mealheiro!
Estamos a precisar de um casaco quentinho, camisolas interiores, pijamas, meias, collants, calçado de Inverno, calças de ganga e sweats.
Pede-nos o teu mealheiro e dinamiza esta campanha numa escola que conheças ou na tua empresa!!
É muito bom saber que temos sempre com quem contar!!
Sorrisos!!!
https://www.facebook.com/pages/Funda%C3%A7%C3%A3o-Champagnat-Casa-da-Crian%C3%A7a-de-Tires/208442945874300


Cá em casa estamos a entrar na fase das pilinhas e dos pipis



Ouvia ao longe o M. cantarolar no seu Inglês maravilhoso " I´m sexy and i know it", nisto chega ao pé de mim e pergunta :
- Mãe, o que é que quer dizer I´m sexy and i know it?
Ri-me um bocadinho, até porque a sua prenuncia é deliciosa e respondi:
-Quer dizer - Sou muito giro, e sei disso!
Ele fez um olhar malandro e disse:
-Hum...bem me parecia que a Matilde (prima de 6 anos) me estava a mentir...
-Porquê, o que é que ela te disse que era? - Perguntei.
-Ela disse que era para o pipi e a pilinha se juntarem, mas eu vi logo que isso era um grande disparate! :S

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Para tornar os "doi-dois" mais giros!


JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO

JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO
28, 29 E 30 de Setembro, 2012
O FUTURO DA MEMÓRIA
Para a comemoração das Jornadas Europeias do Património de 2012, subordinadas ao tema "O Futuro da Memória", o Museu da Marioneta propõe um conjunto de atividades que pretende reavivar uma forma ativa de olhar e usufruiur o património. Neste âmbito propomos um conjunto de ações que não se debruça só na coleção do museu, mas vai mais além, passando pela história do edíficio - o Convento das Bernardas - ou mesmo pelo bairro onde está inserido: a Madragoa. Quer seja atrávés de um visita, de um peddy papper ou de um atelier de construção de marionetas, aproveite esta ocasião para nos vir conhecer melhor.
28 de Setembro, 15h
DE CONVENTO A MUSEUVisita Orientada

Esta visita leva-nos a conhecer a história do Convento das Bernardas, desde a sua fundação e utilização por parte das freiras bernardas, passando por colégio e habitação de gentes ligadas à faina no rio Tejo e, atualmente, como Museu da Marioneta albergando marionetas do mundo inteiro.
PÚBLICO: Adultos
PREÇO: 5 €
Necessária marcação prévia
29 e 30 de Setembro, 10h30-12h30, 14h-17h“A MADRAGOA DE OUTROS TEMPOS” Peddy Paper | Actividade em Família
Neste “peddy paper” convidamos-te a descobrir o bairro da Madragoa! Ao longo desta caminhada vais subir e descer ruas onde encontrarás edifícios antigos e sítios que contam histórias de outros tempos.
Atenção: vais ter de completar algumas tarefas — responder a perguntas, solucionar charadas e até dar uso aos teus dotes artísticos!
Vem participar neste desafio!
PÚBLICO: Famílias
PREÇO: Participação gratuita e autónoma
fotografias para download aqui
30 de Setembro, 10h30-12h30MANHÃ CRIATIVA ESPECIAL JORNADAS DO PATRIMÓNIO
Oficina para Famílias

Já ouviste falar do Dom Roberto?
É um herói popular do teatro de fantoches que entretinha o seu público com histórias que satirizavam a sociedade da altura.
Se te pedíssemos para adaptar esta personagem aos dias de hoje, que imagem lhe darias? E que histórias escolherias para ele?
PÚBLICO: 1 adulto + 1 criança com mais de 6 anos
PREÇO: 6 €
Necessária marcação prévia

Foto reportagem feita pelo piolho

A semana passada ainda era Verão e como tenho a sorte de sair cedo e trabalhar ao lado de casa, nos dias em que o tempo convidava  a "lareu" ia buscar o Martim e ainda dávamos um passeio.
Na 3ª feira passada fomos a Cascais comer ill gelato piu finne del mundo e dar um passeio pela Vila. Como tinha comigo a máquina fotográfica, sugeri ao M. que fizesse uma foto reportagem do nosso passeio. As fotos foram mais que muitas, pessoas estranhas, montras, animais, a linda praia da Rainha...tanta, tanta coisa!
O mais engraçado que é quando estávamos a ver as fotografias no computador, percebi que andei sempre ao lado dele e não vi as mesmas coisas...
Ele ficou muito orgulhoso com o seu "trabalho"e de facto algumas das fotos são de factos artísticas!
Sugiro que façam o mesmo, convidem os vossos filhos a registar o que lhes chama mais a atenção num passeio em família e por momentos poderão ver o mundo pelos seus olhos!

domingo, 23 de setembro de 2012

Auto-retratos


 Alguns auto-retratos que os meus alunos fizeram na aula de apresentação.
Eu fiz um Auto-retrato no quadro e falei de mim, da minha vida e do que fazia ali e eles seguiram o exemplo mas desenhando em cartão, canetas, cola, tecidos e lã.
Amanhã começa outra semana e já tenho muitos planos para os novos trabalhos estas pequenas mãos vão fazer! O tema será o Outono que chegou cheio de força e chuva.
Amanhã espero que o Outono esteja mais calmo e simpático como costumava ser.
Ameno e amarelo como deve ser...feliz!

Na fase das descobertas...

- Mãe, afinal as sementes para os bebés estão nas pilinhas dos pais, já sei!
Fui apanhada de surpresa, e só me limitei a perguntar:
-Achas que sim?
-Sim, as sementes estão nas pilinhas do pais e depois saem pelo "bigo"!
-Ai é?
-Sim, e depois o pai põem a semente no "bigo" da mãe!
-Ah claro, e depois o bebé fica logo lá dentro da barriga para crescer - disse eu, ainda a tentar pensar em alguma coisa pedagogicamente correta para dizer no momento.
-Sim, mas tu não sabias? se calhar o pai pos a semente no teu "bigo" quando estavas a dormir!

Opah...o que é que se diz sem se rir?! é mesmo a coisa maiiiii linda da sua mãe, e uma cabecinha pensadora!!

Ovos de brincar

Aqui está uma ideia gira para as brincadeiras das meninas ( e dos meninos também).
Guardar as embalagens de ovos de chocolate - tipo Kinder - limpe bem.
Recortar em forma de clara folha eva branca.
Recortar um pequeno circulo também em folha eva mas desta vez de cor amarela.
Cole a "gema" no centro da "clara".
Dobre e coloque dentro de uma das metades do ovo.
Feche o ovo e repita o processo com todos os ovinhos que guardou.
Arranje uma caixa de ovos, pode ser de plástico ou de cartão e guarde os ovos lá dentro.
O resultado final, será uma caixa de ovos muito parecida com as reais que permitirá aos seus filhos fazer muitos cozinhados!!


sábado, 22 de setembro de 2012

Outono

Acabou de chegar! Gosto do vento que leva as folhas para o chão e o transforma em "alcatifa".
Gosto do calor moderado e dos dias em tons "Laranja".
Gosto do Outono!!

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Cartões para acompanhar presentes

Fizemos cartões, porque havia muitas meninas a fazer festinhas de aniversário, e como não tivemos tempo de fazer um presente ( além de um pequeno presente que costumo comprar para o Martim oferecer, também gosto de ajudar o M. a fazer um presente, algo que tenha sido pensado, criado e elaborado por ele...para que aprenda que o verdadeiro valor dos presentes está na intenção e no sentimento e não no valor material do mesmo).
Estes cartões foram muito simples de fazer.
Dobrar folhas de cartolina A4.
Peça á criança para recortar um triângulo de papel de embrulho.
Cole no centro.
Agora a criança deve retratar a amiga, desenhando com canetas de feltro tendo por base o triângulo.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

1ª semana de Professora Andreia


A minha primeira semana como professora de expressões artísticas numa escola do primeiro ciclo está quase a chegar ao fim.
Até aqui só tinha trabalhado em creche e jardim de infância, e as idades, personalidades e capacidades são obviamente muito distintas.
Confesso que estou a adorar poder propor trabalhos mais elaborados, e ao contrário do que eu pensava inicialmente, não recebo menos mino por parte das crianças. Atrevo-me até a dizer que pelo que vejo, estas minhas crianças precisam de mais atenção, mais carinho e compreensão.
A escola onde trabalho está situada num meio envolvente complicado, tenho muitos meninos filhos de emigrantes, e alguns que vivem sem os pais que tiveram que imigrar devido a situação atual que o nosso pequeno País atravessa. Várias crianças com necessidades educativas especiais, e outras com dificuldades ao nível comporta mental. Tudo isto é encarado por mim como um grande desafio, e a minha principal preocupação é influenciar positivamente a vida destas crianças. Nem sempre é fácil, principalmente com os 3º e 4ºs anos, onde existem muitos repetentes e alguns são maiores fisicamente que eu coisa que não estava minimamente habituada.
Não está a ser a coisa mais fácil do mundo, nem um mar de rosas, mas estou a adorar!
Não temos tantos recursos materiais como as minhas megalo monas ideias gostavam, mas estou a tentar encontrar recursos externos a escola!
Estou com muita esperança neste trabalho e com uma vontade de fazer mais gigante!
Nesta fase estamos só nas apresentações e nos auto-retrados, que serão transformados em bonecos articulados na próxima semana! Isto vai ser uma grande surpresa para eles, que tenho a certeza que vão gostar!
Uma coisa é certa estou a adorar, e ainda não consigo parar de rir quando me chamam professora Andreia, pois normalmente em creche, jardim ou workshops apenas me chamam de Andreia...mas gosto tanto de ouvir! :)

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Regresso á escola!

A preparar o regresso á escola - desta vez no papel de professora mas com a mesma alegria e prontissima para conhecer os meus 92 alunos!
Em Outubro vou ainda conhecer mais alunos, de dois colégios onde vou dar aulas, numa nova actividade extra curricular de minha autoria chamada "Corte, Costura e companhia"- ando a preparar o programa e não podia estar mais entusiasmada, vamos fazer coisas lindas!!
Agora sim, podem chamar-me de Stôra sff! :)

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Regresso ao trabalho...e não podia estar mais feliz!


Estou a preparar o meu regresso ao trabalho que acontece já 2ª feira, por isso não tenho tido muito tempo para vir aqui!
Mas para a semana prometo mais actividade por aqui! :)
Até lá espero que os vossos pequenos tenhão um óptimo regresso á escola!
E para as mães que pela primeira vez levam os seus filhos à creche e ao Jardim de Infância e saem de lá com o coração apertadinho do tamanho de uma ervilha, a minha solidariedade!
Sei bem o que isso é, e apesar de eu mesma ser educadora de infância o meu filho teve uma péssima adaptação á escola. Agora adora e vai todo contente porque têm saudades dos amigalhaços com quem não esteve nas férias grandes, mas mesmo assim, sempre que entro lá no 1º dia depois das férias revivo o sofrimento que senti naquela altura.
Passa..isso é uma certeza! Eles vão adorar...outra certeza! mas custa um bocadinho...

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Já a pensar no Natal

Eu sei que o calor ainda não nos faz pensar no Natal,
mas como é nesta altura que nós e as nossas amadas crias comem
mais gelados, deixo aqui uma ideia para vos motivar a guardar os pauzinhos dos gelados saboreados por toda a familia.
Estes são feitos com pauzinhos de Magnos, mas todos podem ser transformados em personagens e em bonitas decorações para uma árvore de Natal decorada pelas crianças!

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Móbil de verão

Agora que as férias vão terminando, é tempo de reunir o material que fomos recolhendo da praia e dos passeios que fizemos. Aqui a sugestão é fazer um móbil com os pauzinhos que se apanha na praia.As crianças pintam os paus com tinta guache ou acrílica e transformam-nos em coloridos peixes.Depois com cuidado, um adulto faz um pequeno furo em cada um dos peixes.Passe um cordel nos furos feitos nos peixes, um a um dando sempre um nó depois de enfiar cada peixe no cordel- isso vai permitir criar alguma distância entre os peixes.Também pode adicionar conchas e missangas ao móbil.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Arco íris

Esta é uma das ideias que apresento no meu livro "365 atividades para fazer com os seus filhos".
Adoro porque é tão simples quanto espremer um pouco de guache junto ao limpa vidros do carro e ligar apenas uma vez.
O efeito surpresa é tão giro que até nós adultos não conseguimos parar de sorrir...imaginem o rosto das crianças?
Acho que é uma boa surpresa para se fazer, quando se for buscar ps pequenotes no 1º dia de escola!

O meu M. só começa 2ª..até lá estou a preparar algumas surpresas para que vá com o coração mais calmo, apesar de este ano já quer ir porque têm saudades dos amigos!
É tão bom pensar que não vou ter que lidar com choros e birras todos os dias logo pela manhã...

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Mochila original

Existem mochilas para todos os gostos e preços para todos os bolsos
Vi mochilas a 40 e 30 euros, e esse valor acrescido aos livros e todo o material escolar necessário complicam certamente o orçamento familiar.
Descobri no Continente mochilas a 2 euros. São simples e coloridas e podem ser transformadas e "kitadas" das mais variadas formas.
Aqui está uma mochila dessas, que com umas pequenas aplicações em felto e tecido peludo ficou a mochila mais original e divertida da escola!

Para as adolescentes podem apenas forrar o bolso com um tecido a escolha, aplicar pins...existem muitas opções!

Helppppp....O meu filho já anda numa escola secundária!

O meu filho Martim está gigante e já entrou para o 5º ano. Se ir para o 2º ciclo já é coisinha para assustar qualquer pai, ir para...