sexta-feira, 29 de julho de 2016

O livro para esta noite é... Pato! Coelho!


É um livro delicioso e muito engraçado!
Com humor e um jogo de diálogos informais entre duas pessoas, os autores lembram que, na verdade, tudo depende do ponto de vista - pode ser o pato a beber água ou o coelho acalorado refrescando as orelhas.
O pato enfiou-se no brejo ou era o coelho a esconder-se no mato?
Pato! Coelho!' pretende estimular a troca e o debate, deixando claro que, numa discussão, é importante o respeito pela opinião do outro, por mais divergente que seja.
Um livro perfeito, para aproveitar-mos a história e conversar com os miúdos sobre o respeito pelas opiniões, crenças e gostos dos outros que são diferentes dos nossos.
Em português editado pela editorial presença.
 

A difícil missão de encontrar o carrinho perfeito para um bebé!


O carrinho do Martim foi oferecido por uma querida amiga, estava quase novo e era óptimo na altura.
Era daqueles com 3 rodas, todo giro e até campainha tinha para o caso de me apetecer dar uma corridinha no paredão para recuperar a forma.
Era um Quinny e eu gostava muito dele!
Usei-o muito, todos os dias durante mais de 3 anos. Depois guardei-o com cuidado no sótão dos meus pais a aguardar o novo bebé que pensava que vinha rápido.
Na verdade o novo bebé demorou mais do que pensava e o carrinho ficou no sótão durante 6 anos.
Nesse tempo algumas peças acabaram por se perder, e quando finalmente voltei a usá-lo para a Camilinha o velho carrinho já não estava assim tão bom.
Usei-o muito menos, tentando encontrar alternativas para quando era mesmo preciso.
Agora um novo bebé vai chegar, mas já não posso contar com ele...vou ter que comprar um novo carrinho para o baby que está quase a chegar.
Ontem fui dar uma volta pelas lojas da especialidade para ver se encontrava o carrinho ideal. A missão revelou-se muito mais complicada do que eu estava à espera.
Primeiro à mais de mil e um modelos de carrinhos e cada um com as suas especialidades, muitas e muitas marcas,

os materiais são tão divergentes que acabamos por não compreender qual os melhores e mais resistentes para aguentar o dia a dia de um bebé.
Para terminar, e para mim, o pior de tudo...dei-me conta de que comprar um carrinho de bebé é quase tão caro como comprar um automóvel!!
JESUS!!! fiquei parva com os preços...porque até os carrinhos mais rascas são caros como tudo!!
Acabei por vir para casa com as mãos a abanar e a pensar que devia fazer uma pesquisa sobre carrinhos de bebé antes de vender um rim para comprar um.
Assim sendo, este será o meu projecto de fim de semana: pesquisar sobre carrinhos de bebé e como escolher o ideal!
Se houver por aí especialistas na matéria, dê-me as vossas dicas e conselhos, certamente que outras futuras mamãs estão com o mesmo dilema que eu, e na próxima semana farei o derradeiro post sobre o melhor carrinho para o seu (MEU) bebé!

Um dia feliz no Zoomarine - Algarve

No sábado passado, tivemos um dos dias mais felizes do ano...fomos ao Zoomarine!!
O Martim já lá tinha estado, mas para a Camila foi uma estreia.
Ela estava tão contente, tão contente que nem sabia para onde olhar.
Como todas as crianças de 2 anos e meio adora animais, principalmente tartarugas (já estou farta de escrever aqui que ela está sempre a pedir uma tartaruga)  e quando lá chegou viu logo imensas tartarugas gigantes, ficou maravilhada e só queria "dar uma fistinhas" :)
Adorou visitar o aquário e assistir aos espetáculos das aves, dos leões marinhos e das focas e o ponto alto do dia foi mesmo o espetáculo fabuloso dos golfinhos...maravilhoso mesmo!!
O Martim riu a alto e bom som com o espetáculo na baia do piratas, onde verdadeiros ginastas deram um show de acrobacias e comédia, muito giro.
Tudo isto dentro de um espaço tão bonito, tão bem cuidado e com tantas outras atrações que nos faz não parar um minuto.
Carroceis, roda gigante (eu tive tanta pena de não poder andar por estar grávida), escorregas de água, piscina de ondas, piscinas, lojinhas...podia passar lá uma semana inteirinha sem me fartar, juro por tudo!
No final do dia fomos assistir a um filme sobre o fundo do mar em 4D, a Camila assustou-se com uma piranha que parecia mesmo que se ia alimentar dos nossos ossinhos e desatou num berreiro que o pai teve que sair com ela. Eu e o Martim continuámos a ver o impressionante filme e saímos de lá maravilhados.
"Quando for grande quero ser biólogo e trabalhar com os animais marinhos"
É de facto um local especial, onde a boa energia paira no ar e é impossível toda a família não se sentir feliz!
Saímos de lá só mesmo quando o parque fechou e mesmo assim a cantarolar a música que abre todos os espetáculos:

"Zoo zoo
Zoomarine
Zoo zoo zoo marineeeeee"










sexta-feira, 8 de julho de 2016

"As Figuras que fazes" um livro para os amantes de LEGO

 

 

 

 


O Martim recebeu de presente no aniversário o livro "As figuras que fazes" e adorou!!
É um livro cheio de esquemas e passo a passo para se construir um sem fim de coisas em lego, desde porta-lápis a base para copos, a enfeites para a árvore de natal...imensas coisas giras e que podemos usar nas nossas casas como decoração!
Como sabem, o Martim é fanático pelo LEGO e assim que viu o livro nunca mais o largou.
Desengane-se quem pensa que será um livro mais indicado para crianças, não é, é para todos (mais adultos até) que sejam vidrados em LEGO.
Nós já passámos alguns bons serões em família com este livro a tentar construir uns suportes para livros para colocar na estante :)




quinta-feira, 7 de julho de 2016

Quando o filho vai de férias sozinho...a mãe enlouquece!





O Martim foi de férias com os avós.
Foi feliz e sorridente dizendo "hasta la vista mamy!"
Eu fiquei feliz por ele ir...juro que fiquei.
Mas o meu coração não descansa e sinto-me velha e sinto-me parva!
"Foi só ali até Espanha com os teus pais que toda a vida trataram bem de ti e obviamente que irão tratar igualmente bem da tua cria " - (repito para mim infinitas vezes com a certeza de que esta é a mais pura verdade).
Mas o meu coração de galinha não descansa...penso em tudo e mais alguma coisa que pode acontecer longe de mim, chego ao cumulo de pensar se ele está tapadinho de noite...e quando dou por mim chamo-me todos os nomes porque ele já é um bebé grandinho (9 anos)  que ainda por cima vive cheio de calor e certamente que no sul de Espanha por esta altura as temperaturas não são de congelar ninguém!
Penso no que comerá ao pequeno almoço, e se depois não entra muito repentinamente na água...
Penso nos peixes aranhas que lhe podem arrancar um pezinho...
Penso nas piranhas e nos terríveis tubarões que habitam as águas quentes daqueles mares...
Penso no protector, no boné , no chapéu de praia, nas bolas de berlim com creme que podem estar estragadas e num sem fim de disparates que a minha mente tonta inventa.
Depois, passo o dia ansiosa para a altura certa para lhe ligar e quando a minha mãe atende o telefone diz:
- "Ele agora está ocupado e não pode falar, está a brincar com os novos amigos"
Fico furiosa por momentos até conseguir ouvir ao longe as suas gargalhadas e perceber que está tudo bem, muito bem!
Resumo esta experiência na certeza que sou mil vezes pior e mais chata do que a minha mãe foi comigo...e sinceramente nunca imaginei que isso fosse possível!


Já conhecem o projecto Nuvem Vitória?

Já conhecem o projecto Nuvem Vitória? Eu não conhecia, e quando me falaram dele fiquei encantada.  Então é nada mais, nada menos qu...