quinta-feira, 7 de julho de 2016

Quando o filho vai de férias sozinho...a mãe enlouquece!





O Martim foi de férias com os avós.
Foi feliz e sorridente dizendo "hasta la vista mamy!"
Eu fiquei feliz por ele ir...juro que fiquei.
Mas o meu coração não descansa e sinto-me velha e sinto-me parva!
"Foi só ali até Espanha com os teus pais que toda a vida trataram bem de ti e obviamente que irão tratar igualmente bem da tua cria " - (repito para mim infinitas vezes com a certeza de que esta é a mais pura verdade).
Mas o meu coração de galinha não descansa...penso em tudo e mais alguma coisa que pode acontecer longe de mim, chego ao cumulo de pensar se ele está tapadinho de noite...e quando dou por mim chamo-me todos os nomes porque ele já é um bebé grandinho (9 anos)  que ainda por cima vive cheio de calor e certamente que no sul de Espanha por esta altura as temperaturas não são de congelar ninguém!
Penso no que comerá ao pequeno almoço, e se depois não entra muito repentinamente na água...
Penso nos peixes aranhas que lhe podem arrancar um pezinho...
Penso nas piranhas e nos terríveis tubarões que habitam as águas quentes daqueles mares...
Penso no protector, no boné , no chapéu de praia, nas bolas de berlim com creme que podem estar estragadas e num sem fim de disparates que a minha mente tonta inventa.
Depois, passo o dia ansiosa para a altura certa para lhe ligar e quando a minha mãe atende o telefone diz:
- "Ele agora está ocupado e não pode falar, está a brincar com os novos amigos"
Fico furiosa por momentos até conseguir ouvir ao longe as suas gargalhadas e perceber que está tudo bem, muito bem!
Resumo esta experiência na certeza que sou mil vezes pior e mais chata do que a minha mãe foi comigo...e sinceramente nunca imaginei que isso fosse possível!


Sem comentários:

Enviar um comentário