sábado, 16 de junho de 2012

1 comentário:

  1. Há dias li um artigo que dizia que os elogios em excesso poderiam não ser benéficos. Que a criança depois só se interessava por actividades em que era boa, e pelas quais tinha sido elogiada, e era pouco aberta a desafios ou a fazer actividades novas com medo de falhar e não ser elogiada. Concordo com o elogio, claro está, desde que usado com conta, peso e medida, aliás, como tudo na vida. :)

    ResponderEliminar

O que não levar nas férias...

O Martim foi de férias 15 dias com os avós. Quando cheguei a casa dos meus pais para o deixar a minha mãe perguntou: -"Só uma m...