O livro de hoje "O dia de ir e vir"


A capa chamou-me a atenção pelas suas cores pastel e pelo romantismo no traço da ilustração.
O título deixou-me curiosa "O dia de ir e vir". 
Foi amor à primeira abertura, quando descobri as guardas feitas de céu estrelado. 
"Era o dia de Ir e Vir. Toda a gente ia ou vinha de algum lugar" é assim que têm inicio mais esta linda  história, cheia de poesia nas palavras e nos desenhos que nos conquista em cada página e nos arranca sorrisos apaixonados. Durante milhares de anos os seres humanos tinham sido nómadas. Tinham acompanhado os ritmos da Terra, os movimentos do sil e a dança do tempo. Tinham aprendido a interpretar as ervas e a cheirar a chegada da chuva.
Tinham percorrido os cantos do mundo, navegado pelos rios e dormindo pelos montes.
Agora porém, viviam em casas e quase não se deslocavam ao longo do ano.
Mal olhavam para o céu e, para muitos, o mar e as estrelas ficavam lá longe, muito longe.
Diz-se que se tinham tornado sedentários e que nunca mais seriam errantes.
Mas, no fundo dos seus corações, bem lá dentro, sabiam que a mudança está sempre presente, e que o que parece quieto só o está por um instante..."
Tão, mas tão bonito e inspirador. Faz-nos querer reaprender a meter os pés descalços na terra, a ir descobrir o que existe para lá do mar e a olhar para o céu todas as noites!
De uma editora especial, que escolhe cada título a dedo - Pequena Fragmenta.








Comentários

  1. Parece fantástico muito obrigada pela partilha, vou procurar.
    Carla Romão

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares