sexta-feira, 29 de abril de 2016

3ª gravidez...not soo happy!




Queria imenso escrever posts cor de rosa, a descrever as enumeras alegrias por me encontrar em estado de graça, mas a minha 3ª gravidez não está a ser pêra doce.
Fiquei de baixa mesmo antes de descobrir que estava grávida, e quando as análises detectaram a gravidez foi imediatamente considerada de risco.
É claro que a idade não perdoa, e com 37 anos já estou a começar a ficar velhota...pelo menos são os sinais claros que o meu corpo me anda a enviar!
Da 1ª gravidez, descobri logo nos primeiros meses que ia ter um Martim (que já vai fazer 9 anos no próximo mês, dá para acreditar?!), numa ecografia o menino não se conteve e fez xixi o que revelou logo a sua identidade sexual :)
Os único problemas que tive foram enjoos fortes e constantes durante quase toda a gravidez.
Estava previsto parto normal, mas passado horas e horas sem dilatação o meu querido Dr. Fernando Cirugião decidiu-se pela cesariana.
Fui para o bloco operatório lavada em lágrimas, porque sempre ouvi horrores das cesarianas.
Não tive uma única dor pós parto, e no dia seguinte conseguia levantar-me e andar com o meu bebé ao colo.
Na gravidez da Camilinha (há dois anos atrás) fui internada duas vezes por a menina querer nascer antes do tempo. De resto, nenhum problema. Gravidez tranquila e bem disposta que culminou numa cesariana calma e consciente.
Na 3ª e ultima gravidez tudo é uma chatice!!!
Os enjoos não são tão fortes mas são uma constante, o mau estar, o sentimento de cansaço extremo não me largam... não consigo fazer nada com vontade! E aos 4 meses de gravidez estou fartinha de estar gravida e ainda me falta mais de metade do tempo :(
Para mais, em todas as ecos o bebé fecha-se em copas e não deixa perceber o que me espera...podia ser que iniciar o enxoval me levantasse o animo.
Tenho a certeza que quando nascer, vou esquecer tudo e vai ser maravilhoso, mas entretanto espero que o tempo avance rapidamente!!
A única sorte é que pelo menos ainda não engordei, apesar de a barriga já parecer de 6 meses e não me deixar apertar as calças...de resto ainda visto tudo.
Sei que vai tudo correr bem, e que um bebé é sempre uma alegria e que este meu mau humor vai passar brevemente, quando os dias de sol começarem a ser uma constante!


6 comentários:

  1. Estou tal e qual assim mas vou na segunda gravidez e tenho 36 anos. Tem dias que nem na cama apetece estar. Tudo a correr bem e é esperar por melhores dias.

    ResponderEliminar
  2. Tenho dois filhos, na minha segunda gravidez (com 33 anos), senti-me exactamente assim ;) Mas depois tive um parto (normal) tão bom e ela uma bébé tão sossegadita que me fez esquecer logo aqueles nove meses horrorosos ;) Mãe sofre ;) Vai correr tudo bem ;)

    ResponderEliminar
  3. Força. Cada gravidez é diferente.

    ResponderEliminar
  4. Oh Andreia, que chatice sentir-se assim! Eu vou na minha 6ª viagem, a 1 mês de fazer 40 anos e em momento algum penso que a idade seja um peso. Ah também não sei o sexo deste bebé por opção, e para a Andreia que não seja isso que a impeça de fazer um enxoval lindo! O mundo não é só rosa e azul. Toca a ir às lojas e comprar umas peças lindas e coloridas, assim vai sentir-se bem mais animada e positiva! Força!

    ResponderEliminar
  5. vim aqui pela primeira vez à procura de ideias para fazer um leão a partir de uma garrafa de iogurte e dei com este post! Choque aí, parceira *de palma da mão no ar*, não está só! ;)
    https://adoscoelhos.wordpress.com/2016/05/20/estado-de-graca/

    ResponderEliminar
  6. Vim aqui pela primeira vez à procura de como fazer um leão a partir de uma garrafa de iogurte e dei com este post! Choque aqui, parceira *de palma da mão no ar*, não está só: https://adoscoelhos.wordpress.com/2016/05/20/estado-de-graca/ ;)

    ResponderEliminar

Um livro que vai fazer com que os seus filhos escrevam um livro!!!

Eu sou super suspeita como sabem. Adoro escrever, e sempre quis escrever um livro. Quando vi este livro da booksimle pensei logo em como...