quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

O estagiário




No fim de semana vi no meu sofá este filme.
Não tinha ouvido falar, não tinha lido o livro nem conhecia minimamente a história, mas gosto dos actores e resolvi arriscar.
É um filme leve mas com uma mensagem fortíssima, amei!
O filme conta a história de um viúvo reformado que farto de estar sozinho e os dias todos em casa responde a um anuncio para um estágio sénior numa empresa de vendas online.
Aos poucos, ele que parecia completamente desajustado, torna-se uma grande mais valia não só na empresa como na vida de todos os que o rodeiam.
Com a sua experiência e maturidade consegue dar concelhos, adaptar-se e executar as suas funções de uma forma exemplar e a sua vida ganha uma renovada alegria.
Fiquei a pensar no mercado dos nosso país nos dias de hoje. Infelizmente ao 35 anos já somos considerados velhos para alguns trabalhos, o que será que se sente com 70?!
Na minha opinião a juventude (que tantas coisas óptimas têm obviamente)  é sobrevalorizada.
Quase não se vê jornalistas mais velhos nas televisões, não há apresentadores e até os actores deixam de ter lugar.
Nas lojas, também a experiência de uma vida é deitada no lixo quando preferem contratar uma criança de 16 anos do que uma senhora de 60 anos..
Tenho tanta pena que num país envelhecido como o nosso, os seniores não sejam amados e respeitados como merecem!
Espero que alguém do governo veja este filme, e em vez de criar estágios para os trabalhadores jovens que em vez de contribuírem para a criação de emprego apenas servem para as entidades empregadoras encherem os bolsos à conta dos contribuintes, e crie algo do género para esta população que merece tanta consideração!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Happy Code a nossa escolha para estas férias de Natal

  Amanhã é o ultimo dia de aulas e os miúdos preparam-se para ficar em casa quase três semanas de férias. Eu acho lindamente que se...