quarta-feira, 24 de julho de 2013

Educação financeira

No mês passado decidi começar a dar uma semanada ao M.
Recebe 1 euro todas as segundas feiras.
Queria que ele começasse a ter noção do valor real do dinheiro. Que percebesse que quando recebe 1 euro pode ir logo ao chinês aqui da frente comprar um pacote de gomas e ficar sem dinheiro, ou pode guardar no mealheiro e juntar com as semanadas seguintes e que se juntar muitas pode até conseguir comprar uma caixa de lego gigante!
Nunca pensei que o resultado fosse tão bom!
O M. começou logo a pensar em maneiras de ganhar mais um euro: -" se eu te fizer uma massagem dás-me um euro?" "Se eu aspirar a sala dás-me mais um euro?" "Posso fazer desenhos e vender por um euro!".
Todos os dias, sem falta, o M. tira todas as moedas do mealheiro, espalha sobre a cama e conta!
Até sinto uma evolução significativa na contagem e já o sinto mais capaz de fazer contas de somar (o que o vai ajudar agora quando entrar na primária.
Foi mesmo uma boa ideia e agora tenho a desculpa perfeita para não lhe comprar sempre uma coisinha quando vamos às compras : - "Já só te falta uma semana para teres dinheiro suficiente para comprar isso!"
Uma boa maneira de iniciar a conversa sobre o dinheiro é juntos fazerem um mealheiro simples.
 MATERIAL
  • 1 garrafinha de leite e 1 garrafinha de natas de plástico.
  • 1 folha de cartolina
  • Arame
  • Papel de seda (pode ser recuperado, por exemplo, das caixas de sapatos novos e das embalagens de algumas peças de vestuário ou prendas)
  • Rolhas de cortiça
  • 1 X-acto
  • 1 pinça para cortar e torcer o arame.
  • 1 lápis
  • 1 copo de água
  • 1 pincel
  • Cola branca forte solúvel em água
  • Para a confecção dos pés e dos olhos, cortar umas rodelas de rolha de cortiça e dar-lhes formas com o X-acto.
    Cortar um pedaço de arame, dobrá-lo a meio e torcê-lo com a pinça, de modo a dar-lhe a forma de um rabo tipo saca-rolhas (para imitar o rabo do porquinho).
    Conforme ilustrado no exemplo, desenhar e recortar umas orelhas em cartolina.
    Nas garrafas, colar-lhes os pés, os olhos, o rabo e as orelhas.
    Revestir os porquinhos com papel de seda, utilizando cola branca forte diluída num pouco de água, e deixar secar.
    Depois de completamente secos, cortar com o X-acto uma pequena abertura nas costas dos porquinhos, as quais irão servir para inserir moedas ou notas.
    Personalizar e colorir os porquinhos com marcadores.

*Tutorial da Posca.






1 comentário:

Helppppp....O meu filho já anda numa escola secundária!

O meu filho Martim está gigante e já entrou para o 5º ano. Se ir para o 2º ciclo já é coisinha para assustar qualquer pai, ir para...