quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Crónicas de uma mãe destrambelhada I

Pinned Image


Não consigo lembrar-me de mim antes de ser mãe, será normal?

Quando vejo fotografias da minha pessoa, magra, morena, sempre bem vestida e arranjadinha parece-me que foi numa outra vida, bem distante desta pele que agora visto!

Engordei 14 kilos durante a gravidez, o que comparado com algumas amigas nem foi assim tanto. Convenci-me que seria "piece of cake" voltar á boa forma...mas a triste realidade é que 5 anos passados os 1 kilos continuam confortavelmente alojados no corpo desta que vos escreve e recusam-se a abandonar o barco!!

Não consigo ter força de vontade suficiente para resistir as bolachinhas caseiras, ao pãozinho com manteiga e aos deliciosos peticos que a maravilhosa Bimby faz!

Parece que com a condição de mãe, uma lontra gulosa se apoderou de todo o meu ser!

O problema vai muito mais além de ver uma popota cintilante cada vez que me olho ao espelho. O maior dos problemas é que quero muito voltar a engravidar e a dar um irmão ao Martim ( de preferência irmã), mas tenho medo de me transformar de vez numa gigante bola de Berlim com pernas!

Sinceramente quando vejo aquelas mães giras, magérrima após 4 gravidezes só uma palavra me salta á cabeça : CABRAS!!

Como conseguem aliar o aspecto de estrela de cinema á maternidade??!!

Quem tiver a formula milagrosa partilhe por favor!!

7 comentários:

  1. Aqui a fica a receita: pecar só de vez em quando

    ResponderEliminar
  2. O meu caso é o inverso. Ganhei 16kg com a gravidez e estava desejosa de cá deixar alguns... mas não! Ao fim de um par de meses já esses tinham ido e ainda mais um ou dois. É assim, metabolismos! O meu é todo acelerado!

    ResponderEliminar
  3. Como eu a compreendo... :(

    ResponderEliminar
  4. Háaaaa eu engordei mt mais, nem digo qto. O problema é que já emagreci, estive mesmo a 3 kg do "meu" peso. E voltei a engordar....6kg :S

    ResponderEliminar
  5. É mesmo passar ao lado da maioria das bolachas e doces e depois da 2ª gravidez fazer uma drenagem na barriguinha com algumas caminhadas à mistura! E, claro...amamentação até ao máximo possível!

    ResponderEliminar
  6. andreia,
    não há receitas mágicas... é fechar a boca e comer com muita regra. ou seja é comer um prato digamos com o tamanho da sua mão aberta e desejar repetir outra e outra vez e não o fazer. (sim, passa-se fome!)
    é comer uma sopa à noite (2 ou 3 conchas de sopa) e ir p a cama com o estômago a roncar, mas sem comer mais nada. (sim, passa-se fome!)
    cortar os doces, bolachinhas, cremes, sobremesas, gelados, pão, petiscos. (sim, custa!)
    entre as refeições, os lanches, é fruta e mais fruta e mais fruta.
    comer sempre um bom pequeno almoço, comer de 3 em 3h, nunca jamais sentir fome por estar demasiado tempo sem comer. fruta! fruta! fruta! (e a fruta não engorda!)
    beber muita, muita água.
    fazer caminhadas em passo acelerado e dar umas corridas
    a parte boa é que SE quiser, consegue. a parte má é que só SE quiser MESMO é que consegue.

    e depois os resultados? e depois começar a reduzir 1, 2 e 3 números da roupa? e depois sentir-se bem consigo própria? experimentar roupa que achava que nunca lhe iria ficar bem? maravilha :)))))

    espero que a inspire: http://www.vidaemestadocru.com/
    (não me refiro a tornar-se 100% crudivora, obviamente, mas as dicas, o apoio, as explicações, a aprendizagem e sim uma ou outra receita de vez em quando, porque não?)

    ResponderEliminar

Um livro que vai fazer com que os seus filhos escrevam um livro!!!

Eu sou super suspeita como sabem. Adoro escrever, e sempre quis escrever um livro. Quando vi este livro da booksimle pensei logo em como...