terça-feira, 9 de agosto de 2016

Livros escolares gratuitos para o 1º ano do 1º ciclo


Finalmente, o governo toma uma medida que a meu ver, faz todo o sentido uma vez que vai ajudar as famílias e o meio ambiente!
O Ministério da Educação confirmou nesta quarta-feira a distribuição gratuita de manuais escolares para os alunos do 1.º ano de escolaridade a partir do próximo ano lectivo (para mim deveria ser para todos os anos) na sequência de uma proposta de alteração ao Orçamento do Estado. 
Nunca me fez muito sentido que os manuais adoptados pelas escolas fossem mudados todos os anos, não permitindo a passagem dos manuais em bom estado de irmãos para irmãos, amigos etc...sempre me pareceu um perfeito desperdício de dinheiro em tempos tão difíceis e uma perda de oportunidade para ensinar lições de civismo ás crianças.
Os livros serão gratuitos, mas terão de ser devolvidos no final do ano lectivo em bom estado, e os papás terão que assinar um termo de responsabilidade.
Caso a criança não tenha cuidados com a sua utilização e o livro seja devolvido danificado, os papás terão que pagar o preço do mesmo.
Já ouvi vozes que se levantam contra esta medida, dizendo que é apenas uma ilusão pois no final do ano os livros estão todos estragados e os pais terão de pagar.
Pois bem, está na altura de ensinar as crianças a terem cuidado e respeito pelos livros (e já agora por todo o material escolar) a tratá-los bem como merecem!
Esta é uma medida que é utilizada há muitos e muitos anos em alguns países que são referências mundiais em termos de educação, e espero sinceramente que  tenha vindo para ficar no nosso país.

1 comentário:

  1. Na minha escola informaram-me já que só há um único manual escolar (gratuito); todos os outros são livros de apoio (não incluídos no conceito de manual escolar) e serão pagos. Por isso, atenção à propaganda enganadora...

    ResponderEliminar

Convites fresquinhos para "As aventuras de Tom Sawyer"

No passado sábado fomos assistir à estreia  de "As Aventuras de Tom Sawyer" um espectáculo infantil ao ar livre na Quinta da ...